Ninguém Merece


PESSSOAL,

ESTOU SAINDO DE FÉRIAS HOJE, POR ISSO VOLTAREI A POSTAR SOMENTE DAQUI UNS 15 DIAS. ENQUANTO ISSO ESPERO QUE REFLITAM SOBRE A PESTE DO SÉCULO E EM COMO ACABAR COM ELA. DEIXEM AS SUGESTÕES...

ABRAÇOS A TODOS E ATÉ A VOLTA!

KÁTIA



Escrito por Escrito por Kátia às 15h40
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




A PESTE DO SÉCULO: NORMOSE

 

Kátia Hidalgo Daia

Cidadã Bertioguense

17/06/2007

 

Já tem algum tempo que descobri o texto reproduzido abaixo, porém, mais do que nunca, ele continua atual. Acredito que apenas depois de tomarmos consciência de um problema é que tentamos resolve-lo, portanto minha intenção ao divulga-lo para o maior número de pessoas é a esperança que uma solução chegue mais depressa. Boa reflexão e boa semana a todos!


A humanidade esteve diante das mais diversas pestes e doenças, mas creio que nenhuma foi tão sutil quanto a normose. Este foi o termo criado por Jean Yves Leloup para definir, não uma nova moléstia física, mas um tipo de comportamento moderno intensamente destrutivo e hostil.

Normose seria a doença que faz com que o indivíduo aceite comportamentos nocivos ou aja por sobre um plano ilusório de uma maneira normal. O sujeito se acostuma tanto com determinada situação que nem pensa em questioná-la. Ela passa a fazer parte do cotidiano, mesmo trazendo prejuízos significativos.

Normose é assistir a escândalos políticos como corrupção e desvios de recursos de uma maneira normal. Embora reivindicações por mudanças sejam constantes, ficamos só no discurso. Ao invés de curar o mal pela raiz, somos tentados a simplesmente desviar do problema. Passiva, a sociedade aguarda providências das "autoridades" as quais, quem sabe, nunca chegarão.

A falta de ética dos ambiciosos e o comodismo generalizado inibe credibilidade e bom senso, restringindo a iniciativa e o trabalho criador necessário a uma sociedade próspera e equilibrada. E isto não acontece somente no meio político-social.

A normose é um mal que avassala o mundo inteiro, penetrando também em nossos lares, onde tanto somos influenciados pelas chamadas "propagandas enganosas" da mídia, como tornamo-nos vítimas de maus hábitos e modismos que denigrem cultura e valores sociais.

Num mundo repleto de superficialidades, tornou-se comum assimilar referências vazias e sem sentido. Obsessão por consumo e manutenção de "status" são algumas condutas sutilmente interiorizadas, mesmo sem significado real para nosso próprio crescimento. Adquirimos padrões duvidosos apenas porque são considerados normais.

A normose também está na sexualidade. A revolução cultural, mesmo rompendo com antigos e rígidos padrões de relacionamento, acabou por incentivar situações fúteis e passageiras. Tentando resgatar liberdade e sensualidade, muita gente acabou por trocar intimidade e espontaneidade por indiferença e promiscuidade. Substituímos inconscientemente nossos próprios valores, aderindo às transformações de uma maneira inerte - normal.

Bem, sei que não é fácil exercitar autoconsciência frente a tantos estímulos. Mas, com sabedoria e vontade de crescer poderemos banir a normose, caminhando equilibradamente rumo a um futuro próspero, onde o progresso seja não só o resultado de transformações urgentes e transitórias, mas, sobretudo baseado em valores sólidos e conscientes.

Extraído de: A Peste do Século: Normose  - Por Moacyr Castellani (Psicologia Integral)
Publicado no "Estado de Minas", 11/04/98

 

Reforma ampla total e irrestrita já!!!

(Educação, política, judiciária, econômica)

Fim da reeleição já!!!!

 

VISITE MEU OUTRO BLOG: www.momentosdereflexao.zip.net



Escrito por Escrito por Kátia às 22h42
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, BERTIOGA, Mulher
Histórico
Outros sites
  Marcelo Tas
  TABLOG UOL
  Momentos de Reflexão
  Blog do Josias de Souza
  Blog do Fernando Rodrigues
  Blog Vidas Marcadas
  Pequenas verdades
  Lua e poemas
  Ramses Sec.XXI
  Brincando com Clarinha
  Fabio TV
  De Propósito
  Coisas bobas
  Poemas e amores
  Honoravel Escrita
  Luz de luma
  Tele-Visão
  Visão da vida
  Horizontes temporais
  Palavras tortas
  Viver em novo tempo
  Em branco e preto
  Cuidado estão te espiando
  Loba
  Soltos ao vento
  Everas
  Irmãos Bacalhau
  Terence
  Mestra dos Sonhos
  TV e Cia
  Blog da Patty
  Arcanjo Poeta
  Blog do Bruno
  Abrindo janelas
  Lino
  Tem mais TV
  Blog do manoel Carlos
  Blog da Poliane
  Palavras
  Casa dos gemeos
  Já te contei
Votação
  Dê uma nota para meu blog